Será que algum dia vou encontrar esse lugar? Ou será que vou encontrar um motivo de não procura-lo mais?! :(

Procuro um lugar distante, aonde minha saudade, meu tesão, meus choros ridículos não queiram me acompanhar. Debaixo da ponte, no ombro dos bêbados. Estão me olhando por quê? Vão se foder todo mundo. O desfile de cores passou, o tapete de pétalas se varreu, o perfume cessou, o pólen parou de beliscar meu nariz. E esse outono que recém iniciou e não acaba? Sem grandes esperanças. A gente não foi um sentimento, só uma estação.



Gabito Nunes