Amor não é cego não!




Não sei de onde tiraram essa ideia de que o amor é cego. Paixão é que é. Cega, surda e burra, que te deixa em êxtase por alguns iludidos dias e te faz sofrer quando acaba. Paixão te exige, é tempestade, é vazio, é criação de personagens. Paixão é uma loucura avassaladora, é se perder de si...
Amor ENXERGA! E muito bem. Amor é leve. Gentil. Discreto, te deixa com aquela cara de bobo, mas não te faz cometer loucuras. Amor não pede troca, nem recompensa. Amor é verdade. No amor você se encontra, se descobre, se conhece, assume seu EU. Amor ensina, cuida. Paixão é dor. Amor é cura!
Amor é calmaria, é o mar com a maré baixa, é o céu num dia de desenho com nuvens.
Amor é plenitude, é gostar da companhia um do outro, mesmo que permaneçam em silêncio.
Amor é vontade. Paixão é desejo.
Amor é um jardim com flores azuis e amarelas. É um sorriso sem fim...
Amor é sentir-se feliz com a felicidade do seu amor, é tomar conta do pensamento do outro, sem obrigar presença, porque amor não traz obrigações.
Amor é tá perto, mesmo longe. Amor não dói, dá prazer!
Amor é não caber dentro de si, é não cobrar, não exigir...

Amor é assim, mas só dá pra falar se sentir...



Izabelly Karolyne