Revirando o baú de recordações encontrei algo que julgava esquecido



Você...
Apenas um tudo...
Apenas meu amor...
Você...
Que me faz falar "eu te amo" repetidas vezes...
Que me faz voar enquanto me beija...
... junto com você.
Você...
Que infinitamente, continuará sendo: "minha pequena".
Embora o tempo passe,
Que tudo mude...
Mesmo que seus sentimentos mudem...
Continuarei aqui...
Dizendo eu amo você!
Por infinitas vezes, até que eu feche os olhos...
E não mais esteja presente.
Tudo isso, é apenas um pedaço de você! O restante, não consigo traduzir em palavras!



Poema feito por uma 'Aspirina' e dedicado a uma 'Pequena' em 2007.