É sim,

 aquela vontade de abraçar, de não soltar, de morder, de beijar. 


 
Pois é, aquela simples e sincera vontade de apenas te ter por perto.

 Cintia Niederhauer